top of page

Personalização de conteúdos no marketing educacional

Com os diversos avanços nas áreas de comunicação, marketing e tecnologia, o tema personalização de conteúdos se tornou indispensável. Afinal, as redes sociais mostraram na prática como essa estratégia pode fazer a diferença para as marcas, no que se refere a aumentar a sua proximidade e relevância junto ao seu público.


Mais do que isso, as estratégias de personalização ajudam as empresas a terem uma vantagem competitiva, colaborando com seus resultados financeiros.  O conteúdo personalizado é criado a partir de dados de interações que o seu público ou cliente já teve com a sua marca, como visitas no site, métricas das redes sociais, dados demográficos, entre outros. Com base nessas informações, as mensagens são elaboradas para se comunicar com públicos específicos, criando experiências diferenciadas.


Você pode nem se dar conta, mas a personalização de conteúdos está em toda parte. Basta acessar sua conta em plataformas de streaming como Netflix e Spotify, ou nas redes sociais, para perceber que o conteúdo que aparece na sua timeline não é o mesmo que aparece na timeline do seu amigo, parente ou colega de trabalho. Segundo o estudo “The power of me: The impact of personalization on marketing performance”, da Epsilon, 80% dos consumidores estão mais dispostos a fazer negócios com uma companhia que ofereça uma experiência personalizada.


Mas, será que é possível criar conteúdo personalizado no segmento educacional, em que uma mesma instituição possui diversos públicos? A resposta é sim! E como você faz isso é o que pode fazer o seu negócio se destacar entre os demais. O primeiro passo é conhecer a jornada do seu público, ou seja, o caminho que o leva a descobrir o que é oferecido, conhecer mais sobre o assunto, considerar se deve investir naquele produto ou serviço, e finalmente, decidir se vai gastar seu dinheiro com isso ou não.


Com base nas informações sobre quem é o seu público, seus gostos, interesses e necessidades, é preciso pensar em como o seu produto ou serviço atende essas necessidades e de que maneira as soluções da sua empresa vão satisfazer os desejos do seu público. E é a partir daí, que se cria uma narrativa que utilizará uma linguagem que conversa diretamente com o público-alvo, enquanto informa sobre seu negócio, propósito de marca, diferenciais dos produtos ou serviços e outras informações relevantes que dizem respeito ao universo da sua marca.


As novas gerações estão cada vez mais confortáveis no ambiente digital, elas procuram informação, mas também visam a comunidade. De acordo com uma pesquisa realizada com consumidores da Geração Z, pela agência criativa Impero, a singularidade é uma prioridade para essa geração. Eles buscam comunidade e conexão, 70% dos entrevistados ingressaram em uma comunidade porque buscam o sentimento de pertencimento. O relacionamento com a Internet é mais pessoal do que transacional, por isso, que a personalização consegue atrair, encantar e envolver esse público.


A personalização de conteúdo vai alinhar as mensagens das campanhas e canais de comunicação e marketing das instituições educacionais, para trabalhar os pilares conexão, pertencimento e comunidade. Mais do que isso, deve buscar inspirar o público, abrir espaço para o diálogo, por meio das interações nas redes sociais, por exemplo, e trazer informações úteis e de qualidade, criando uma ligação mais profunda entre a instituição e sua comunidade acadêmica, formada por alunos e alunos em potencial.


Os conteúdos criados especificamente para cada público, em formatos diferentes de acordo com cada canal, irão nutrir um relacionamento autêntico com a sua audiência. Na essência, a personalização envolve fornecer algo que atenda aos interesses do seu público, ofertas para necessidades específicas e contato com pessoas que possam ajuda-los em sua trajetória com a marca.


Quando uma instituição constrói e aplica uma boa estratégia de personalização é possível melhorar a experiência do cliente, facilitar a tomada de decisão, aumentar a fidelidade e melhorar as conversões. Isso quer dizer que se a sua empresa ainda não priorizou a personalização de conteúdos em sua estratégia de marketing, talvez seja a hora de repensar a estratégia.

 

Sílvia Perez

Gerente de Comunicação e Marketing do Instituto Singularidades. Profissional de Comunicação e Marketing, com 20 anos de experiência em comunicação digital, mídia e PR, sendo os últimos 9 anos na área de Marketing e Comunicação Corporativa voltada para o Ensino Superior.

16 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page